Publicado por: Guilherme Júnior | domingo, 27 maio, 2007

Conferência discute novas propostas de ações sociais

matéria originalmente publicada no jornal laboratorial Agência Facos, de 27/05/2007

           

        Garantir, por meio da rede de inclusão e de proteção, os direitos de crianças, adolescentes, idosos e pessoas em condições de risco. Esse é um dos objetivos da VII Conferência Municipal de Assistência Social, que aconteceu sexta-feira e ontem no Campus Vila Mathias da UniSantos. Cerca de 250 pessoas participaram do encontro, cuja meta era debater como se dará a implantação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) em Santos.  Esse sistema pretende criar uma rede de serviços que englobe outros setores do poder público, como saúde e educação. No entanto, leva em consideração o local onde vivem as pessoas, a estrutura familiar e suas potencialidades.

        Segundo a assistente social e presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Adriana  dos Santos Silva, esse é um evento que permite que a população e os gestores de políticas sociais construam juntos as propostas que irão compor a política municipal no setor. Alguns participantes, porém, tinham propostas mais concretas, como a coordenadora da Pastoral da Criança do Caruara, na Área Continental, Virgínia da Silva Santos. Ela aponta avanços em seu bairro, como a implantação de uma brinquedoteca e o atendimento social, mas ainda espera que seja criado um Conselho Tutelar e um Centro de Valorização da Criança na Área Continental.

        Os participantes eram delegados eleitos nas 42 pré-conferências que aconteceram em toda a Cidade, além de membros de ONGs, da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEAS) e avulsos. Foram divididos em sete grupos temáticos, que discutiram as propostas trazidas das pré-conferências. O resultado desses grupos seria apresentado em plenária na parte da tarde. Ao fim do encontro pretendia-se obter um conjunto de propostas a serem encaminhadas para o CMAS e a SEAS. Elas também serão levadas para a Conferência Regional de Assistência Social, que abrangerá as cidades da Baixada Santista e possivelmente o Vale do Ribeira. Os critérios de escolha dos delegados que representarão a Cidade, assim como a data do evento, ainda serão definidos pelo Conselho Estadual de Assistência Social (Conseas). A partir disso, o CMAS convocará uma reunião ampliada para definir essas pendências e fazer uma avaliação dos avanços e dificuldades apontados desde a última conferência, em 2005.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: